03 de Agosto de 2010

- Thomas Evans o que é que se passou contigo? - perguntei preocupada. - Tens noção de quantas mensagens te mandei? E da minha preocupação? Não estive atenta a aula toda por tua culpa!

- Ooo, desculpa, adormeci e cheguei tarde.

- E o telemóvel?

- A professora tirou.mo, mas devolveu no final, não te preocupes. Vou ali ter com o Mike, até já!

- Tchau! - ele deu-me um beijo. Quando ele foi:

- Tem um rapaz super giro, mas também super estranho na minha turma! - declarei - na minha escala até ultrapassa o Mike. Acham normal?

- Mais giro que o Mike? - surpreendeu-se Cathe - Impossivel!

- Quem é? - perguntou Mandy. Olhei por toda a cantina até o encontrar.

- Aquele ali, de camisa azul.

- Não acredito! É ele? Não sabia que a tua sala ficava de frente para a minha! - disse Aly

- E não fica!

- Mas eu entrei na sala dele sem querer!

- Tu o quê? - perguntamos as três juntas.

- Não vi bem o número da porta. Depois é que reparei que era o 11º ano de artes. Espera... - Aly pensou -  Tu não és do 11º, como ele é da tua turma?

- Alyson, não é o de camisola azul, é o de camisa azul clara.

- Aaaaaaaaahhhhhh! Tens razão! Ele é muito giro.

- Até mais giro que o Mike! - concordou Mandy

- Não acho! - declarou Cathe - O Mike é mais giro. - Ficamos todas a olhar para ela - O que foi? É a minha opinião! - Nisto chega Mike.

- Oi meninas! - cumprimentou

- Oi! - dissemos em simultâneo.

- Hum... Cathe, posso te fazer um convite?

- Arrisca! - provocou Cathe

- Bem... Queres sair comigo?

- Humm... bem eu... - ela olhou para mim e eu assenti - Está bem!

- Sabado? Às 14h?

- Óptimo! - ele sorriu e foi embora.

- Não te importas Claire? - perguntou Cathe.

- Não te preocupes, já disse que não gosto dele! - disse olhando para a mesa ao pe da porta da cantina.

- Tens a certeza? Olha que eu ainda posso cancelar!

- Cathe, deixa de ser melga e APROVEITA. Vocês gostam um do outro. DEIXA DE TE PREOCUPARES COMIGO!

- Tu assustas-me!

- Obrigada! - Tocou para entrar. As aulas passaram normalmente, tirando o facto de o Trace estar sempre a olhar para mim.

Quando chegamos a casa fui logo fazer os T.P.C's (que deviam ser proibidos na primeira semana de aulas) pois sabia que mais tarde iria me esquecer e assim já ficava livre. No almoço falamos sobre o nosso primeiro dia de aulas à minha tia. Quando acabamos nós ajudamos a arrumar a cozinha e sentei-me na sala a ver sobrenatural. Quando olhei para o relógio já eram 15 horas e fiquei de me encontrar com a Mandy e o Tom às 16 horas, por isso fui arranjar-me. Depois, pus-me a caminho.

Roupa da Claire:

Claire'sTendências da Moda & Estilos - Polyvore


Quando cheguei eles estavam sentados no banco do parque a falar.

- Desculpem o atraso! Perdi a noção dos horas.

- Estiveste a ver sobrenatural não foi? - perguntou Mandy

Roupa da Mandy:

Mandy'sTendências da Moda & Estilos - Polyvore

 

- Sim ele é tããão giro! - respondi

- Então estás perdoada!

- Eu, realmente, não percebo a mente feminina. Basta ter o cabelo comprido, olhos claros e ser famoso que elas ficam logo loucas.

- Meu caro amigo. - comecei - sinto informar-lhe, mas a mente das raparigas tem muitas coisas em que pensar, ao contrário da dos rapazes, que só pensa em quem aparecerá a próxima capa da playboy.

- Eu não diria melhor! Choca aí amiga! - O/\O disse Mandy

- Vocês pensam mesmo isso dos rapazes? - interrogou Tom

- Sim! - respondemos.

- Também são daquelas que pensam que as mulheres fazem o mesmo que os homens? Sem nenhuma diferença?

- Não! Não somos dessas!Tendências da Moda & Estilos - Polyvore - disse eu

- A mulher faz o mesmo que o homem... - continuou Mandy

- Mas... - eu

- De salto alto, que é muito pior. Experimenta... - e ficamos o resto da tarde a ter conversar sem sentido nenhum, ou seja, o normal. Já de noite tive uns sonhos estranhos, muito estranhos. O que eu me lembro mais nitidamente, é um em que eu estava vestida com umas roupas muito estranhas e tinha um rapaz que eu não conhecia de lado nenhum ao meu lado segurando-me a mão. Olhei para trás e vi um senhor com uma certa idade, esquisito com um aspecto assustador mas um olhar amigável. De repente começou a fazer muito calor, como se estivesse no meio do fogo, acreditem, eu conheço a sensação, o ar começou a cheirar ao mar, apesar de estar-mos no meio da cidade. Fechei os olhos e senti a relva nos meus pés calçados e olhei para baixo. Eu estava a voar! Olhei para a pessoa que me dava a mão. Apesar de não conseguir ver a sua cara, dava para perceber que olhava para mim e me deu um sorriso, um sorriso de coragem, que eu me babei toda só de olhar. Não conseguia ver a cara, mas tenho a certeza de que era giro. Depois corei com o meu pensamento e ele deu uma gargalhada que eu gostei de ouvir. Ao longe ouvi um tiro e a pessoa que me segurava a mão caio. Acordei sobressaltada.

 


 

Publicado por ChocolataLove às 16:50
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
Arquivos
Outros Comentados
1 cometário
Queres Saber Mais?
Últimos Comentários
woow, essa viagem de finalistas acabou um bocadinh...